Blog

Sempre uma novidade te esperando

Conteúdos desenvolvidos por quem entende do assunto. Fique por dentro de tudo em primeira mão no nosso blog.

Análise de Dados - 30/05/2022

Cientista e engenheiro de dados: qual o papel de cada um em projetos de Data Science?

Saiba mais sobre a atuação do cientista e engenheiro de dados!

Cientista e engenheiro de dados: qual o papel de cada um em projetos de Data Science?

As inovações tecnológicas têm transformado o mundo em uma velocidade incrível. Hoje, qualquer pessoa ou empresa que utilize dispositivos inteligentes geram dados, que podem ser transformados em informações para possibilitar negócios, criar soluções e alcançar outras novas tecnologias.

E com essa massiva quantidade de dados disponibilizados a cada minuto, é essencial que as empresas atuantes em TI concentrem, em seu quadro de colaboradores, profissionais altamente especializados em cada etapa da recepção e interpretação dos dados.

É aí que aparecem as figuras importantíssimas do cientista de dados e engenheiros de dados. Embora muitas das suas atribuições desses profissionais acabem se sobrepondo em alguns momentos, eles têm objetivos diferentes, o que impossibilita encontrar um perfil híbrido – ou seja, alguém especialista em ciência dos dados e com know-how de um engenheiro de dados.

Seja o seu interesse por se formar em uma dessas profissões ou de contratar um desses profissionais, vale a pena seguir pelos tópicos a seguir e entender as principais diferenças entre cada um.

Siga conosco e confira!

O que faz um cientista de dados?

Cientistas de dados são profissionais com diferentes habilidades para encontrar padrões/comportamento (caso existam) em uma quantidade massiva de dados. Esses dados podem chegar até eles de forma estruturada (com padrões que facilitam a análise) ou não estruturada (“soltos”, sendo necessária a padronização).

Para isso, utilizam habilidades em estatística, matemática, programação e técnicas para visualização de dados para conseguir entender os dados explorados.

A partir dessa padronização, os cientistas de dados utilizam ferramentas como o Machine Learning e a Inteligência Artificial para entender quais informações podem ser extraídas desses dados e, assim, gerar insights preditivos ou alcançar informações que culminam em nova solução.

Imagine que, por exemplo, estamos falando de um cientista de dados de uma rede hospitalar. Esse cientista de dados receberá, em forma de dados, todas as informações sobre como estão os usos das unidades hospitalares, quais exames são mais utilizados, quais os maiores custos para a rede e possíveis tendências quanto ao surgimento de doenças.

Dessa maneira, ele poderá chegar a soluções estratégicas, como indicar a necessidade de incluir determinadas especialidades muito procuradas em hospitais de certas regiões, a indicação de procedimentos com menor custo, mas com resultados iguais, a adoção de roteiros de saúde que atuam com o acompanhamento de pacientes crônicos, entre outros.

Ou seja, esse profissional vai além da atuação com análise, buscando nos dados os históricos e predições que podem trazer vantagens competitivas aos negócios.

O que é necessário para ser um cientista de dados?

Existem cursos específicos de graduação e especialização voltados especificamente para cientistas de dados. Nesses cursos, os alunos se aprofundarão em conceitos da matemática, estatística, programação de computadores e o aprofundamento em linguagens como “R” e Python.

É possível ainda a especialização em uma segunda área, como marketing, finanças, entre outras, favorecendo um background ainda mais específico.

Como é a rotina do cientista de dados?

Entre as atividades comuns no dia a dia desse profissional, estão:

·    Uso de Machine Learning para a pesquisa e otimização de modelagem;

·    Análise e criação de insights e estratégias que favoreçam os negócios;

·    Análise preditiva dos dados para entender possíveis oportunidades e riscos futuros;

·    Percepção de fraudes ou inconsistências que prejudiquem os negócios;

·    Entender e mapear o comportamento e necessidade dos clientes;

·    Entre outras atividades relacionadas à manipulação e análise dos dados.

E o que faz um engenheiro de dados?

Para que os cientistas de dados, e todos os outros profissionais de tecnologia, acessem os dados disponíveis, é essencial que exista uma estrutura desenvolvida para garantir essa disponibilidade.

O papel do engenheiro de dados é exatamente pensar e construir uma arquitetura de dados que permita o processamento em larga escala e que seja confiável e resiliente. Com isso, esses profissionais têm a missão de criar um pipeline dos dados, que vai desde a coleta até a entrega para ferramentas que atuam com análises preditivas.

De maneira geral, o engenheiro de dados sempre estará envolto em processos de construção de estruturas para o armazenamento de dados, como bancos de dados ou sistemas de processamento que trabalhem em tempo real e de maneira descentralizada.

Lembra do exemplo que demos em que o cientista de dados atua para coletar e analisar dados de uma rede hospitalar? Para que ele consiga fazer isso, é essencial utilizar uma estrutura criada pelo engenheiro de dados. Somente com uma boa estrutura essa coleta e análise de dados poderá ser realizada de maneira ininterrupta e eficaz.

Simplificando um pouco mais, mas em linguagem técnica, o engenheiro de dados constrói um Data Lake e cria APIs para facilitar as análises dos cientistas de dados.

Ou seja, têm objetivos em comum, mas atuando em frentes diferentes. Portanto, um complementa o outro.

O que é necessário para ser um engenheiro de dados?

Além de conhecer sobre ciências da computação, um engenheiro de dados tem habilidades com as plataformas MPP (Massively Parallalel Processnig), bancos de dados relacionais e linguagens de programação como Java, C++ e Python.

Esses profissionais também sabem como implementar Hadoop e MapReduce para refinar, processar e reduzir o tempo que levam para processar quantidades massivas de dados.

Como é a rotina do engenheiro de dados?

Entre as atividades no dia a dia desse profissional, estão:

·    Construção de aplicações em larga escala SaaS (Software as a Service)

·    Construção e customização de aplicações Hadoop e MapReduce

·    Definição e construção de bancos de dados relacionais com arquitetura direcionada para processar BigData

·    Extração, transformação e carregamento de um banco de dados para o outro

Data Science x Engenheiro de Dados: qual a melhor opção?

Se a pergunta em questão é para atender as necessidades de uma empresa, saiba que ambos os profissionais são necessários para que todos os processos, desde a coleta até a análise de dados, sejam realizados com o máximo de eficiência possível.

Se a dúvida é sobre qual área é melhor para seguir como profissional, pergunte a si mesmo se a sua preferência é por criar grandes estruturas em tecnologia ou por fazer análises que podem indicar mudanças para uma determinada empresa. Disso, fatalmente, surgirá a resposta.

Saiba mais sobre os papeis de cientista e engenheiro de dados com a 2RPnet

Se o cientista de dados e o engenheiro de dados são altamente especializados em tecnologia, a 2RPnet é totalmente especializada nesses profissionais – e em muitos outros especialistas em TI.

Atuando há 20 anos no mercado, a 2RPnet oferece infraestruturas e profissionais completos para estruturar soluções de tecnologia em empresas de qualquer segmento.

Saiba mais sobre como dar um passo adiante com tecnologia. Acesse agora mesmo o site da 2RPnet, conheça os cases de sucesso e tenha acesso aos profissionais mais preparados para atender as demandas dos seus projetos! 

7 dicas para acelerar seu aprendizado em Machine Learning
Análise de Dados - 30/05/2022

7 dicas para acelerar seu aprendizado em Machine Learning

Quer se tornar um expert em Machine Learning? Este artigo tem dicas que facilitarão seu aprendizado. Acompanhe!

Leia mais
O que um cientista de dados precisa saber para trabalhar na 2RP?
Análise de Dados - 30/05/2022

O que um cientista de dados precisa saber para trabalhar na 2RP?

Quer ser um cientista de dados na 2RP? Preparamos um post com informações importantes sobre nosso time e cultura. Confira!

Leia mais
5 Certificações em ciência de dados que vão te dar uma vantagem no mercado
Análise de Dados - 30/05/2022

5 Certificações em ciência de dados que vão te dar uma vantagem no mercado

Conheça as principais certificações em ciência de dados para impulsionar a sua carreira

Leia mais